quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Esboço de vida

Desde menina, eu já sabia o que eu queria fazer da vida, sempre quis ser desenhista, até pensava em outras profissões como qualquer criança, também por ser muito versátil, dinâmica e polivalente (vai que tem alguém querendo contratar...),  mas da pré-adolescência pra cá, bati o pé firme nessa idéia de desenho.
Na escola mesmo, eu costumava desenhar histórias sobre a turma, coisas como: que rumo cada um ia seguir, quem ia vender paçoca no Japão e depois se tornar go go girl, ou ia ser "presidenta" de uma grande companhia e me chamar para a vice-presidência, quem ia revolucionar com uma grande invenção aos 19 anos e se aposentar aos 20, coisas assim. O ruim era quando alguém zoado lia as tirinhas e não levava na esportiva...
Mas em Botucatu, a cidade onde eu morava, localizada no interior de São Paulo, cidade onde nós não caçamos sacis, embora haja controvérsias, (Felipe Massa também é de lá, dizem que o Lulu Santos também, mas que ele não admite, e Tonico e Tinoco também moravam logo ali ao lado). Bom, lá eu não tinha a menor possibilidade de trabalhar da forma que eu queria, fazer a faculdade que eu queria, nem ter grandes oportunidades, nem nada de nada, eu ia acabar pintando cartaz de supermercado, e "merluza  11,50 o quilo" não era pra mim... Eu precisava cortar o cordão umbilical.
O bom é que nem foi uma escolha, tivemos que nos mudar pra São Paulo, meu esposo começou a trabalhar aqui e deu no que eu queria!  E hoje estamos começando a caminhar em direção do que queremos, para mim falta muito ainda, tenho muita caminhada pela frente, mas eu tenho todo o tempo do mundo...

 Fiz este desenho dia 20/01/10, sem compromisso, brincando de desenhar modelos de revista, estou meio tímida ainda, pois meus desenhos são íntimos pra mim, e esse é o primeiro que divulgo na internet, mas quero perder essa timidez desde já!
E não estranhem, está assinado como Bruna, porque pra muitos sou conhecida assim, para outros como Carol, mas eu não tenho preferências e atendo por ambos os nomes.

Um beijo enorme da Carol Bru*, a contadora de histórias velhas e gastas, sonhadora de um futuro não tão distante e colecionadora de devaneios.
E que esse seja o primeiro de muitos desenhos a serem compartilhados neste espaço!

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Desenho na areia

Esse vídeo é muito bom, eu assisti um trecho dele num noticiário, tanto gostei que fui ao You tube, que tudo vê, tudo sabe, pra assistir na íntegra.
A garota se apresentou num programa Got talent, é o mesmo formato do programa britânico que revelou Susan Boyle, aqui no Brasil quem tem os direitos do formato é o Sbt, que modificou o nome para "Qual é o seu talento".
Ao que parece, pela legenda do vídeo, o programa é da Ucrânia, mas é só um palpite, porque eu não domino bem nem o português, que dirá o suposto ucraniano ou qualquer outra língua que seja , mas quem souber ser mais exato, que me confirme ou corrija.
Pra quem adimira desenhos como eu, vai ficar fascinado com a performance, beleza e talento da garota, é ela tem tudo isso ao mesmo tempo, droga!
Quando eu crescer quero ser que nem ela!!!
Apreciem o show:



Palavra dada é palavra cumprida, aqui eu falo de desenhos, no perfil está escrito "desenhista", então o próximo post terá um desenho meu, até parece que fiz com grãos de areia também (é bateu uma invejinha), se trata de uma técnica onde você desenha só com pontinhos, que eu adoro e é uma terapia.
Então até o próximo post!

domingo, 17 de janeiro de 2010

Amigos de sempre

Eu vou parecer velha escrendo esse post, mas vou correr o risco.
Na postagem "Namoro ou amizade", contei uma das muitas histórias minhas com a Heleninha.
Assim como nós tinha um monte de gente na escola que eram os super amigos, mas posso dizer que eu e meus amigos temos um algo mais:
Terminei o colegial em 2003, vixi faz tempo! E desde pequenina eu via na escola as pessoas formando grupinhos, procurando sua turma, são pessoas que aparentam afinidades e até nos revelam um pouco de suas personalidades, elas costumam fazer tudo juntas e isso parece ser uma amizade linda e duradoura, porém ao terminar o colegial percebi uma outra característica comum a esses grupos, as pessoas seguem seus rumos, fazem suas vidas e perdem esse contato gostoso, pessoas especiais e importantes que já fazem parte de sua história, já não mantém mais aquele contato e logo somem de nossas vidas.
Bom, comigo foi diferente!
Muitos quando escrevem relatos da vida tentam ser modestos, são reclamões, ou coisa do tipo, eu já falo na lata, estou me gabando!
Eu percebi algo bacana que não vi acontecer a outros, minha turma ainda continua unida, e olha que 2003 já foi faz tempo!
Apesar de hoje eu estar em outra cidade, ainda mantemos o maior contato, viajamos pra nos reunir, ainda rimos das trapalhadas e aventuras vividas enquanto vão acontencendo as novas, a turma toda está presente em casamentos (onde novos amigos se agregaram), formaturas, aniversários e férias de fim de ano, sempre rola um filminho de comédia, uma comida boa que vai me fazer lambrar de praticar caminhadas, alguém pra ficar na mira dos comentários mais debochados, ou seja, pra gente é como se o tempo não tivesse passado....
Eu sou muito privilegiada, muitos que eram super amigos no colégio hoje nem se vêem ou se falam com frequência, eu sei que não devo ser a única no mundo que ainda vê a turma, e claro que tenho amigos que considero muito e perdi contato, nem sempre dá pra evitar isso...
Mas eu fico feliz quando a turma combina de jantar fora, hoje com seus namorados, noivos, maridos ou celular cheios de mensagens (esses são os solteiros), enfim... e encontramos alguém do tempo do colégio, é como se quem nos visse entendesse que nossa amizade é verdadeira, eu me sinto orgulhosa porque crescemos juntos, tanto cronologicamente, como também na maturidade e na vida!
E viva aos amigos, inclusive essa gente boa que visita meu blog, que tão carinhosamente interage comigo, vocês sabem que eu correspondo e espero possamos manter esse convívio ainda que virtual por muitos anos.
Que minhas amizades sempre perdurem!
Um abraço a todos.

Video que recebi por e-mail da Heleninha:


segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Retrospetiva 2009



O ano de 2009 foi maravilhoso pra mim, foi o ano que eu me adaptei em São Paulo, isso depois de 2 longos anos odiando a cidade (as críticas ficam pra uma próxima postagem), ano em que trabalhei fazendo o que gosto e fiz muuuuitos novos amigos.
Todavia, esquecendo-me de mim, 2009 foi um ano louco, onde muita coisa improvável aconteceu:
Morreu o Michael Jackson... E falar sobre isso ainda parece uma piada de mal gosto, mas não deixa de ter sua graça;
Um vestido abalou as estruturas de uma faculdade;
O mundo conheceu uma nova forma de gripe que não existiria se tratassemos bem os porcos;
O Obama ganhou o nobel da paz, mas o que ele fez? Chegou a presidência? Se for por nada, também quero o meu;
Lady Gaga hermafrodita? Será? Ainda tenho minhas dúvidas;
O flamengo ganhou o brasileirão... É claro que é tudo combinado;
O Rio de Janeiro vai sediar as Olimpíadas... Fiquei com a mesma cara quando soube que Arnold Schwarzenegger era governador da Califónia, era improvável, mas aconteceu;
Perdemos Patrick Swayze, Clodovil, Leila Lopes, Celso Pitta, a Andréia que na verdade é André, do escândalo com o Ronaldo fenômeno (perceba como o nível vai decaindo), o Mussum deve ter falado lá no céu "cassildis";
Dizem que a Rihanna apanhou do namorado, fala sério, olha o tamanho da garota, maior corpão, ela dá uma bundada nele e ele cai sentado;
Madona encontrou Jesus (a piada ta velha, mas ainda tem graça);
E agora eu vou me despedindo, vou indo embora assim como a força elétrica no episódio do apagão!

Mas nem tudo mudou, a Xuxa ainda diz que viu doendes...

Um feliz 2010 pra todos!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails