segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Embaraçoso

Como é constrangedor pagar mico, fui pega de surpresa e o pior é que foi em minha própria casa pelo meu marido. Até eu fiquei surpresa, que mesmo depois de sermos tão íntimos algo me deixou constrangida diante dele, mas calma, se trata de uma bobagem, uma bobagem constrangedora!

A história é essa: o Fred costuma dormir mais cedo que eu, pois trabalha bem mais que eu, estuda bem mais e se cansa mais, ás vezes eu me gabo do meu esforço por trabalhar, estudar e cuidar da casa..., mas honestamente o Fred me deixa no chinelo, dá muito mais duro que eu! Pois então, neste certo dia o Fred já estava dormindo e eu estudando até tarde por causa da faculdade, eu me encontrava na sala e as luzes estavam acesas assim como o rádio estava ligado, em uma certa altura da noite comecei a perder pro sono, minhas pálpebras estavam pesando um quilo, foi aí que decidi parar com tudo e ir dormir, na hora em que apaguei as luzes o radio começou a tocar uma música que eu gosto de dançar, não sei vocês, mas quando eu danço em casa eu me acabo, pareço uma doida, comecei a dançar com as luzes apagadas, como também uso o celular de despertador, peguei ele e abri, isso deu uma iluminadinha discreta na sala, fiquei com ele na mão e fui pra frente do rádio para assim que a música acabasse eu o desligasse, fiquei me sacudindo e balançando o celular clareando vários pontos da sala até que a música acabou, pronto, pensei eu, só desligar o radio e ir pra cama, desliguei e me voltei para o quarto, acontece que da sala de casa dá pra ver o quarto onde eu dormo e com o celular clareando um pouco deu pra ver que o Fred estava acordado sentado na cama só apreciando meu show, com uma cara de quem tinha sido acordado e de que não fazia ideia do que tava acontecendo. Desembestei a rir, e perguntei quanto tempo ele tava me olhando, ele viu desde o começo e perguntou se eu costumo fazer festas depois que ele dorme, fui pega no meu momento ridículo particular, o pior é que o Fred percebeu que eu fiquei sem jeito e viu que eu não parava de rir de vergonha , durante um bom tempo ele me lembrava da dancinha, tirou onda comigo a vontade... Mas quer saber, me diverti demais e recomendo. E daí ser rículo? O bom é ser feliz!


Foi assim que eu dancei, só que no escuro e com o celular ligado na mão.

3 comentários:

  1. Hahaha o melhor foi ele perguntar se você costuma fazer festinhas sempre depois que ele dorme.
    Não basta pagar mico, tem que compartilhar hehe!

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkk!!! Massa!!! Só lembrei da minha patroa dando uma de doida nesses moldes!

    ResponderExcluir
  3. Que delicia de confissão da alegria, da verdadeira felicidade, adorei tudo isso, temos que viver o momento, não importa a hora, o que importa é ser feliz, com certeza voce no momento em que curtia o som, se remetia na história da sua vida e se alimentava dela para se fortalecer para o mimento presente.
    Beijos

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails