terça-feira, 30 de julho de 2013

Marido engraçadinho

Seu marido ou namorado é engraçadinho? O meu marido ama me provocar e começar a debochar de mim em qualquer momento rotineiro da vida, entenda melhor:
Tenho uma gatinha  que chegou em casa quando eu estava grávida e nem sabia, ganhei ela de uma amiga em fevereiro/2013, descobri pouco tempo depois a gravidez e brinco que ela já esta me adestrando para que eu seja uma boa mãe, pois minha gata é bem brincalhona e bagunceira, nada pode ficar numa altura que ela alcance, várias vezes cheguei em casa e encontrei coisas espatifadas no chão que ela pegou de cima da estante ou da mesa do computador. Ontem mesmo ela pegou algo do Fred, meu esposo, ele saiu correndo atrás dela e nosso diálogo começou, imagine que estamos falando com risada na voz, pois é tudo na base da brincadeira:

Fred (enquanto corria): É dizem que os bichinhos puxam os donos, essa gata é sem vergonha igual a dona.
Bruna: (olho pra barriga e falo com o bebê) Viu, Maria Eduarda, seu pai esta te chamando de sem vergonha, isso não esta certo.
Fred: (a essa altura já alcançou a gata e pegou o que era seu) Eu não estou falando da Maria Eduarda eu estou falando é de você.
Bruna: Maria Eduarda, ele tá mexendo com a sua mãe, por a mãe no meio é apelação! 
Fred: Eu posso eu sou o pai.

Mas é claro que eu também não resisto e faço o mesmo, vira e mexe eu também começo com deboches e bobeirinhas, ao que vejo o cronômetro só está funcionando para o RG, os anos vão passando na carteira, mas ainda somos como crianças!

  

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Falta de respeito

Eu perco um pouco de fé na humanidade toda vez que pego um ônibus cheio e não me cedem um lugar para sentar agora que estou grávida. O individualismo de selva que certas pessoas tem, como se fosse tudo uma questão de sobrevivência onde vence o mais forte me entristece muito, não é assim que faremos um país melhor, a mudança começa dentro de cada um de nós, nas gentilezas que geram gentilezas...

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Reviravolta

Oi pessoas bonitas!
Não, eu não acordei num belo dia levei uma pancada na cabeça e mudei de ideia a respeito de tudo, eu mudei a respeito de QUASE tudo e não levei uma pancada na cabeça!
Por que eu disse isso? Poque minha vida foi se rearranjando, eu estava fazendo faculdade e tranquei, sai do meu emprego e investi em uma loja de produtos cristãos chamada Theo Lógica, que logo, logo terá novidades, como não vou aguentar fazer surpresa conto já: teremos produtos personalizados e ilustrados por mim, esses produtos serão para atingir todos os públicos, cristãos e não cristãos que gostam de produtos com ilustrações bonitas e divertidas para ter ou dar de presente, aos poucos postarei imagens dos desenhos e produtos por aqui...
Além disso, antes eu fazia faculdade de design, a qual eu gostava muito, porém tinha uma vontade enorme de aprender animação 2d, coisa de desenhista, como a facul foi trancada achei um desperdício ficar parada e fui atrás de um curso que ensinasse a fazer desenho animado e então comecei a estudar todo sábado, gostei tando que fiquei com vontade de voltar a faculdade, mas dessa vez para fazer audiovisual ou cinema, coisa de quem tem mania de artista, eu.

Até aqui parece que realmente tudo mudou, mas espere, tem mais um fator que muda tudo agora, após 7 anos de casada, descobri que estou grávida e o bebê chega no fim do ano, uau, e lá vou eu replanejar tudo de novo para poder encaixar tudo o que amo na vida dentro da da minha vida, coisa de louco!
E sim, estávamos querendo um bebê, ele foi planejado, mas como é o primeiro e somos leigos nesse negócio de sermos pais, rola um sustinho e orações para que Deus nos ajude a todo momento! Hahahahha
Vamos torcer para que os treinos de como ser uma boa mãe que eu fazia dos 3 aos 10 anos brincando de casinha tenham algum proveito! Tô brincando, de inicio rola mesmo um sustinho, mas hoje estamos focados em dar nosso melhor e fazer de tudo para sermos ótimos pais.
A cabeça fica a mil, terei de ser malabaristas para poder dar conta de tudo, mas acho que isso é coisa de mãe mesmo, e logo, logo eu pego o jeito e faço assim como as outras mães que tem coisas mil para fazer e fazem tudo parecer muito simples e fácil!
Beijo a todos.

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Projeto 8 on 8 - personagens que você gosta


Oi a todos, mais uma vez venho publicar o tema do projeto 8 on 8, onde oito pessoas contribuem com seu talento de ilustrador baseado em um tema, para o mês de Julho devemos desenhar personagens que gostamos...
Estou sem escaner, então está é uma foto de celular, e o desenho teve de ser feito todo a caneta pois estou viajando e não trouxe meu material, ainda que em trancos e barrancos consegui terminar a família mais popular do desenho aninado, Os Simpsons!!
Aí estão eles, só que desenhados com o meu estilo:


Agora vejam os desenhos da Jaqueline - tumblr

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Cinema Nacional

Há pouco tempo atrás fui assistir ao filme Minha mãe é uma peça, geralmente não assisto cinema nacional, pois tive uma experiência traumática anos atrás com o filme da Grande Família que não tinha nada a ver com a série, mas eu acho que esse nem foi o seu grande erro, acho que os dois piores erros foram retorcer personalidade do Lineu (o antes exemplar o chefe da família na série) fazendo com que ele se comportasse de forma totalmente diferente do que o público estava acostumado, foi como descobrir de novo que a Vovó Mafalda era homem, foi um choque. E também pecaram por não fazerem o filme a partir de uma ideia original, eles imitaram o formato de um filme estrangeiro chamado aqui no Brasil de Corra, Lola, Corra, procure por ele, esse sim é original e bacana!
O que me fez ir ao cinema foi o fato de várias vezes conversarmos sobre cinema nacional nas aulas de animação 2d e ouvir do meu professor formado em cinema na USP dizer que filme brasileiro ainda que bom "não se paga" por causa da bilheteria, que o lucro geralmente é menor que o investimento por causa da baixa procura dos brasileiros em ver esses filmes nas telas de cinema. Isso contribui para o cinema nacional não evoluir.
Então eu soube que o filme Minha mãe é uma peça ia entrar em cartaz e me lembrei de ter visto o ator Paulo Gustavo (que interpreta a mãe, Dona Hermínia, no filme) no Jô Soares onde ele ao fim da entrevista ou do programa, não me lembro bem, mostrou um pouquinho da sua peça teatral, cuja personagem era a própria Dona Hermínia, me recordei de ter dado umas boas risadas nesse dia e resolvi dar uma chance ao filme.
O Filme:  Eu gostei demais, acho que valeu a pena ter ido ver no cinema, não quis pedir meu ingresso de volta como em outras vezes, inclusive com filmes de hollywoodianos de grande repercussão...
É uma comédia muito engraçada, eu ri quase que o tempo todo, Paulo Gustavo realmente é dono de um talento absurdo, também achei que todos os atores foram bem escolhidos, tudo estava divertido, mas é claro que eu não sou toda elogios, acho que duas coisas sobressaíram como "não tão legais assim", particularmente eu achei que teve muito palavrão, respeite mesmo a classificação indicativa, justamente por isso, e por fim o desfecho da história, achei muito bobo, mas eu já tinha rido e me divertido tanto que isso não foi relevante, tudo o que acabei de citar é perdoável porque o filme é uma história muito família e muito cômico, talvez você até se lembre de coisas que sua mãe fazia, mas não com a mesma intensidade...
No dia que eu assisti a sala do cinema estava quase vazia, eu diria umas 20 pessoas, e achei uma pena, pois se o filme não for rentável na primeira semana ele sai de cartaz na semana seguinte, então se você tiver a chance assista, é bacana e você contribui para outras obras nacionais bem feitinhas como essa sejam valorizadas!
Beijo a todos.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails